Energia Potencial Gravitacional e Unidades de Energia




Energia potencial
Energia potencial é a que está esperando para ser convertida em potência. A gasolina em um tanque de combustível, a comida no estômago, uma mola comprimida e um peso pendurado em um galho de árvore, são exemplos de energia potencial.


O corpo humano é um tipo de conversor de energia. Ele transforma comida em potência para ser usada para realizar trabalho. Para trabalhar, o motor de um carro converte a gasolina em potência. Um pêndulo de relógio é um dispositivo que usa a energia acumulada ao balançar um peso para realizar trabalho.


Um objeto quando é levantado ganha energia potencial. Quanto mais alto ele estiver e mais pesado ele for sua energia é maior. Por exemplo, se você levantar uma bola de boliche a uma altura de 1 polegada (cerca de 2,5 cm) e soltá-la no teto do seu carro, não causará muitos danos (por favor, não tente isto). Mas se repetir a mesma operação com a bola a aproximadamente 30 m de altura o afundamento do teto do carro será gigantesco. Um mesmo objeto caindo de uma altura maior tem mais energia.
Vamos voltar à nossa experiência, em que corremos escada acima e descobrimos quanta potência usamos. Há outra maneira de fazer o cálculo de nossa potência: calculamos quanta energia potencial nosso corpo ganhou quando atingimos determinada altura. Essa quantidade de energia foi gerada pelo trabalho que realizamos ao subir os degraus (força * distância, ou nosso peso * a altura dos degraus). Nós calculamos, então, quanto tempo levamos para realizar esse trabalho e foi assim que descobrimos nossa potência. Lembre-se que potência é a taxa com que um trabalho é executado.


A fórmula para calcular a energia potencial (EP) que você obtém quando aumenta a altura é:
EP = Força * Distância
Nesse caso, a força é igual ao seu peso, que é sua massa (m) * a aceleração da gravidade (g), e a distância é igual à sua variação de altura (h). Assim, a fórmula pode ser escrita:
EP = mgh
Postar um comentário